quinta-feira, 16 de junho de 2011

INTOLERÂNCIA = PRECONCEITO??

Mais por pudor , prefiro não revelar qual o "rótulo" de algumas pessoas com um fato curioso que presenciei.

Lendo uma matéria sobre o Dalai Lama em uma entrevista para a televisão australiana, aonde um repórter tentou infelizmente fazer uma piada sobre pizza, um trocadilho com palavras , que em tibetano não tem sentido algum, ficou sem graça pois o Dalai não expressou reação condizente...rs.rs

Logo em seguida o site, na página encheu-se de uma acalorada sessão de postagens aonde alguma pessoas citavam trechos da bíblia em clara citação ao Dalai Lama, ao catolicismo, à Maria de Nazaré e por aí foi...

Desta vez não pude me conter e postei uma pequena observação.: sobre o advento do Cristo, e seus dois mandamentos que englobam o Pentateuco.: Amar a Deus acima de todas as coisas, e ao teu Próximo como a ti mesmo!

Sem julgamentos, sem proselitismo, mas vemos que ainda o preconceito, a intolerância, a definição de acharem-se donos da verdade, é ainda muito grande em nosso ser.

Vemos aqui de forma velada o preconceito contra classes, raça, credo religioso, sexo, política, mas não sei até onde devemos ficar calados, sentidos, ou de forma inteligente mantermos nossa postura e deixarmos claro nosso posicionamento.

Em alguns lugares podemos e creio que até devemos fazer isso, mas hoje me fez lembrar da professora aqui em SP que apanhou da mãe (sic) de um aluno por que o repreendeu em sala de aula por estar fazendo bagunça de forma exagerada!!!

Ou da outra mãe que bateu em outra aluna pois sua filha tinha apanhado...

Ou dos torcedores de futebol do Santos, brigando aos bofetões no aeroporto.

Ou de passageiros xingando os funcionários de uma empresa aérea por causa de cancelamento de vôos ( aqui no Brasil ) por causa das cinzas do vulcão !!!! Vai xingar para o vulcão oras!!!

Neste final de semana, indo comprar um produto em loja do Extra Anchieta, ao dar seta, indicar o carro que iria entrar em vaga, um grupo de jovens acelerou e entrou velozmente na minha frente, saindo em seguida olhando para mim dando risadas...!!!! Fui embora, o que poderia fazer??

Creio que todos tem uma estória parecida em casos acima citados.
Sim. respondo como a professora que apanhou respondeu ao repórter.

Não posso desistir, não posso. Irei continuar.

Não devemos desistir de nossa educação, de nossa cultura, de nossa ética, nunca.


Nenhum comentário:

Postar um comentário