sexta-feira, 19 de agosto de 2011

HOJE O SER HUMANO NÃO ESTÁ PREPARADO PARA PERDER...





Não faço propaganda gratuita, não porque não queira cobrar, mas não creio ser justo, quando indico algum filme, prato, vinho é por gosto pessoal e por acreditar na gama de variedades das pessoas ...

Pois bem, se escrevermos a palavra Derrota em um site de pesquisas ( Google, pronto ) , falei, e selecionarmos imagens observem bem o que irá aparecer.

É incrível como a sociedade quase num todo leva com tanta relevância ao que aparece em imagens o que o ser humano transmite por idéias.

Vemos principalmente o ranso da juventude marcada pela incapacidade de frustração da derrota evidenciada em tantas atitudes até violentas em nossa sociedade. Mas isso existe desde que me conheço, desde pequeno, não de forma escancarada, mas de forma velada, como um certo bulling criado por pais, ou " mestres ", ou sociedade.

Reparem na foto lá em cima, não se trata de montagem, mas qual de nós aceita chegar em terceiro, quarto, vigésimo nono??

Vemos em piadas ou em atitudes bucólicas de crianças que logo largam o brinquedo, quando estão perdendo, ( principalmente quando o brinquedo é delas )!!!!

Só ganha efetivamente quem chegar em primeiro lugar.
Só é digno de prêmio quer estiver em primeiro.
Alguém lembra quem ganhou a última copa do mundo? E quem classificou-se em terceiro lugar?
Ou o vice campeão do torneio de basquete?
Ou a premiação da sua empresa, quem ficou em terceiro no mês?

Derrota, infelizmente é traduzida na maioria das vezes no meio esportivo, ou no meio evangélico ( sem querer ofender, somente citação )...vitória moral etc etc...

Os pais não ensinam que perder, ser derrotado, cair, fracassar naquele momento, faz parte da criação do caráter do indivíduo.

E essa negação que os pais passam , criam não super heróis, mas pseudo heróis.

Que a negação da derrota cria a frustração incapacitada de entendimento---> negação, raiva, descontrole e violência...

Ou seja, irei tomar na porrada.

A derrota pode ser  a cotação que você perdeu na tua empresa, por míseros centavos, o exame de sangue que ainda acusa índices elevados de colesterol, não poder sair de casa por estar de castigo ( raríssimo hoje ), um fora da namorada, falta de dinheiro para aquisição de um produto, tomar pau na prova, ir mal nos esportes, não ser escolhido para sua promoção, chegar em terceiro, quarto , último e por aí em diante. A derrota é mais ampla e cria sim, alicerces internos para que seja trabalhada a frustração, para que se entenda que a vida permite vários nuances, prismas e  novas oportunidades.

Um pequeno exemplo.
OLIMPÍADAS DE LOS ANGELES 1984 - MARATONA FEMININA -

Qual foi a atleta vencedora?
A segunda colocada?
A colocação da brasileira ? sim, tínhamos uma brasileira?

Alguém lembra deste nome? Gabrielle Andersen??? Suiça???
Mas com certeza, ela ficou mundialmente famosa até hoje por ter completado em 46 lugar , cambaleante...
A suíça Gabrielle Andersen-Scheiss não é uma heroína do esporte por um grande feito. Não venceu nenhuma competição importante internacionalmente, não conquistou nenhuma medalha olímpica, tampouco é considerada um nome vencedor do esporte suíço. Mas o status de heroína de Gabrielle aparece devido ao esforço e espírito esportivo...e venceu!!!

Creio que esse deveria ser um exemplo grande para as crianças e não fazerem as mesmas engolirem o choro e a promessa do video game de R$ 2.000,00 quando chegar em casa para sumir com o bico...

Perdemos diariamente alguma coisa, e sofremos perdas necessárias em nossas vidas...Iremos perder ( ausentar-se ) nossos pais, mães, irmãos, filhos, para a vida, para o dia a dia...

Até em palestras motivacionais, ( que para mim são um asco em grande maioria ), ao colocarem aqueles vídeos chupados de filmes de guerra, de ação, de esportes, com palavras chave, surradas, tiradas aparentemente de biscoito da sorte ou placa de caminhão, vemos que ainda há superficialidade ali, pois se depois de tudo aquilo, vc não cumprir a meta, não ser o vencedor, você está na rua!!!!ou para os atuais , PERDEU PLAYBOY!!!!E muitos dos palestrantes, sequer iniciaram a coisa lá de baixo, como vendedor de enciclopédia....lógico que temos seres fantásticos que nos mostram a superação de forma tão grandiosa com vontade, garra , esses sim são os verdadeiros vencedores.

Ganhar é bom, mas entender, sentir, interpretar que a perda, a queda, a derrota, são processos naturais em nossa vida, tornariam as pessoas mais humanas ( como vários animais ), mais propensas a buscar superação sadia, pois acredito, aprendemos com nossos erros, pois eles são a bússola que nos indicam o caminho, tipo, não mete o dedo na tomada que irá tomar choque, pou !! buaaaaa- não falei?? nunca mais pôs o dedo ali...rsrs. simples assim...

Graças a Deus, que perdemos, que caímos, que nos ralamos, cortamos a boca, perdemos o dente, quebramos o braço, deixamos o olho roxo, tombamos com a bicicleta, nosso time desclassificou, nosso trabalho não foi o melhor, nosso texto não foi escolhido, ESTE BLOG não é dos melhores,e por aí vai.

Olhe agora para a imagem abaixo, não declaro como foto, mas i-ma-gem!!!!



Para nossos filhos, filhas, amigos, alunos etc, sejamos exemplos e transmitamos heróis reais, de carne e osso e espírito!!! que sofrem, que sangram, que amam, que morrem!!! mas que são dignos!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário