domingo, 8 de janeiro de 2012

Gênesis x Rhesus X Nexus x picanha x peixe

O processo de formação do indivíduo vem e provém de fatores determinados pela ciência como interação com o meio, genética e que pode ocorrer sempre em sua vida com determinada constância. A psicologia, a psicanálise, a filosofia permitem esse estudo e questionamento...Até a década de cinqüenta, era regra que psicólogos e pesquisadores do comportamento humano evitassem assuntos como: mente, pensamento, sonho ou imaginação...Acreditava-se que toda atividade psicológica pudesse ser explicada adequadamente sem a necessidade de se recorrer a estas "misteriosas entidades mentalistas", como diziam os pensadores da época. Quer dizer: os indivíduos eram vistos como simples refletidores do ambiente em que viviam. Mas, à partir dessa época, cientistas como os americanos Karl Lashley, John von Neumann e Norbert Wiener passaram a defender a idéia de que o comportamento humano, ao invés de ser imposto por fora, como se acreditava, possui "uma organização que emana de dentro do organismo". Acabaram criando o que se denominou de "ciência cognitiva", a ciência do conhecimento. Esse difícil e polêmico assunto é tratado de forma brilhante pelo americano Howard Gardner...
mas , realmente aprendemos diariamente com um número sem fim de sensações e meio ambiente. Mas maiores estímulos quer se tratam a plano troca de informações , interatividade revelam que somos nós , seres humanos os grandes pilares de movimento interno e externo de aprendizado e crescimento, até arriscamos , espiritual. Agora quando vemos alguns grupos afirmarem que preferem animais a seres humanos por que 1) não nos ferem ou nos decepcionam 2) são mais inteligentes que seres humanos muitos especialistas dizem e afirmam que existe um mecanismo de auto defesa incutido em indivíduos que possuem dificuldades em aceitação, erros, desenvolvimentos, e problemas gerados na infância, adolescência e fase até intra uterina...podem haver sensações de não aceitação, rejeiçao, decepção e frustração. Ate´onde podemos ver, é fato de que o homem (animal ) ao domesticar os lobos e outros animais conseguiu que os mesmos hoje pudessem conviver em harmonia conosco. Ou seja, o homem ( animal ) ensinou e lapidou essa amizade, esse laço forte. Se , pensarmos que os animais ( animais mesmo ) são mais evoluídos que os homens, estaríamos então em retrocesso em nossa evolução? devemos tratar as partes como um todo? Em nosso planeta , na cadeia evolutiva estamos realmente na base?Se discorrermos ao nível de religiões , cada qual mostra o verdadeiro e inegável valor dos animais e companheiros em nossas vidas. DO que seria do homem, através das pesquisas realizadas com os chimpanzés Rhesus??? E das vacinas e soros antiofídicos? Na escala evolutiva deveríamos estar em que nível? reencarnar como animais então..vide Livro dos Espiritos ( só como exemplo )... Há necessidades e há tempos para tais eventos e experimentos. Dizer que quem se alimenta de fontes primárias de proteína é ser assassino, é o mesmo que dizer que devemos deixar proliferar o mosquito da dengue, não devemos eliminar baratas, mosquitos, e demais insetos ( que claro, não são animais ) ...Se dissermos que o querido Chico adorava uma carne...que Luther King apreciava proteína animal, Jesus apreciava peixe, Madre Tereza, etc etc? seriam desabonados?...vamos ser moderados amigos, em tudo, pois nem nosso Pai se fosse radical , não estaríamos aqui.Tudo evolui, inegável dizer que nos despreenderemos das necessidades mais materiais. Isso aqui segue PARA OS RADICAIS e nada moderados. Para aqueles que somente acreditam que vale a pena salvar a vida de um animal ( qualquer que seja ) e que a vida de um ser humano não tem o mesmo peso no que se trata de salvar, auxiliar...mas aprendamos uma coisa, crescemos na dor, nas dificuldades, quedas, confrontos, tudo naquilo que faz o espírito Pensar, ...

Nenhum comentário:

Postar um comentário