terça-feira, 13 de novembro de 2012

APRESENTO-LHES CLÁUDIA PARTE 02




Cheguei tenso...
Entrei na cafeteria da Livraria Cultura, aquela que vocês conhecem, aonde apinham-se muita gente legal e descolada, com um livro debaixo do braço, uma revista, ou uma companhia.
E debaixo e por trás dos óculos escuros , por sinal, de muito bom gosto, uma xícara de chá ao lado de um livro curto estava a minha culpa de não dar atenção devida..

- ér.... Oi!
Ela abaixa a cabeça para ver-me com os olhos reprovantes!
- Senta!
VIGIIIIMARIA..pensei, serei capado aqui mesmo.
- Sim. - sentei como um saco de batatas quando cai do caminhão de feira.
- Olha, eu queria te pedir perdão mesmo, fiquei ruim estes dias por você, me perdoa vai...
Tenso...aqueles segundos aonde você não sabe se , ou vai atirar com o calibre 22, ou vai virar a mesa do sallon e mandar pólvora para tudo que é lado e aí já sabe, é dono da bodega voando para um lado, dançarina para outro, japonês caindo por trás de mesa e etc etcetc.
Cláudia toma um gole longo...
- É o seguinte mocorongo! Eu liguei pra você pois queria vazar do lugar...
...



- E como você não atendeu a esta merda, eu tive que me virar né....
- Pô , conta então a saga...
- Não força moleque que eu te capo! - rindo.
Consegui afrouxar um pouco o nó da gravata rindo amarelo...
- Então pamonha lerda, o cara chegou como George Cloney , falou como o Pierce Brosnan, e agiu como um filho da puta....
Não deu. Comecei a rir!
- E você? - perguntei rindo muito
- Ah, eu cheguei coo a Anne Hathaway, falei como a Miranda Priesty ( O Diabo veste Prada ) e fugi como o Clint Eastwood no filme Alcatraz Fuga Impossível.!!!





Não aguentei, cai em um riso compulsivo que todos ao redor começaram a olhar e a rirem também.
Tive que levantar da cadeira, para recuperar o ar, e as lágrimas rolaram !!!!
- Viadinho, o cara, é o maior maluco, veio com um papo , ah! eu viajo para cá, para lá, eu faço isso , eu faço aquilo, eu fui para lá e vim para cá...
Rindo!
- Porra, o cara fez tudo e com tudo e com todos, só faltava peidar flores vermelhas!!!!! Menos né....
Depois veio com aquele papo enrolado de misto de sotaque inglês meia boca, e depois querendo tocar na mão, puxando minha cadeira...e eu cacete, ligando , ligando, ligando para você. A cadeira ia, e eu vinha, e a porcaria do celular nada!!!!
- E o que você fez?
- Olha, não passo na alameda Santos por pelo menos uns 6 meses!!
- Por que!??/
- Pedi um prato, daqueles mais ferrados sabe? Cara esnobe cacete, enfiei a faca ué.
- E depois?
- Aí vem a pior parte! O cara me beija parecendo que estava limpando o prato de macarronada com miolo de pão!
Não aguentei e corri para o banheiro de tanto rir....




Já recomposto...
- Então, como você não atendeu, fiz o pedido e quando veio, eu fui ao banheiro.
Mostrou o cotovelo e o joelho e roxos..
- Cláu!!!
- Calma! - corri para o banheiro, abri a janelinha e pulei, aliás, entalei! despenquei para a rua de trás, e corri feito o diabo!!!! Quebrei o salto mas tô viva...

continua parte 03!!!!











Nenhum comentário:

Postar um comentário