segunda-feira, 12 de novembro de 2012

OLHANDO PARA DENTRO

Eu não analiso com força o que passou.

Eu vejo com ternura o que ocorreu.

Eu não olho com vermelhidão e pesar no coração.

Sorrio com alegria ao que vivi.

Eu não tenho motivos para magoar, ferir ou dizeres com pesar.

Eu me refiro à coisas pessoais e momentos íntimos,

maravilhas e confissões...

E sigo em frente.

E como digo, a mente limpa e clara, e o caráter intacto.

ELE sabe, o que fiz, o que sou, o que penso e no que ajo.

Eu amo, eu dedico, eu sinto.

E eu vivo!!

Pleno!

Agradeço por estar comigo,

agradeço por ser feliz em um tempo.

Obrigado

Nenhum comentário:

Postar um comentário