sábado, 23 de março de 2013

CORRA



Corra...
Corra contra o teu passado.
Deixe ,
para trás o que não te trás sorriso à alma
Continue a correr, e jogue a fúria em tuas pernas,
a raiva em teus pés,
não sentirá dor, mas vontade.



Afaste-se das paisagens que hoje tornaram-se cinzas...
Corra, use do nó na garganta como impulso,
queime dentro de ti como energia
aquilo que te magoou, a dor, a revolta, o desencanto,
o preconceito, a rudez, o egoísmo de muitos...




Respire, e continue, e nunca mais volte os olhos para trás...










Teu caminho é outro, é teu.
A tua vida é tua vida.
Os olhos são teus.









E o coração emprestado está hoje na condição para amar e partilhar
e nunca mais reter dor ou sofrimento...



Nenhum comentário:

Postar um comentário