quinta-feira, 16 de maio de 2013

SOMENTE LEIA SE VOCÊ FOR CRIANÇA



- Você está pronto?
- Eu não conseguirei voar daqui...
- Então , tire tua roupa...
- Mas está frio...
- Não, tire a sua veste de homem, lembre de algo que te fez muito feliz e te fez liberto.
Olho para o alto, e ao ver as estrelas, lembro do mês de julho, do frio, e da vontade de sair do chão...
A árvore, então, cresceu...
- Você pode ir agora...corra!



São perninhas bem curtas...mas após passar a grama e as árvores, consigo subir...da mesma forma quando dou risada, risada me faz cócegas na barriga e vontade às vezes de soltar pum!

Não tenho medo, a blusa ficou grande e virou capa! Aha! agora eu sou super!!!
Preciso passar e chamar algumas pessoas...

- Não tem tempo pequeno, voa e depois visita na janela!
-  Tá bom!
















- Nossa, como ficou claro tão rápido?
- Ué, você pensou , e o pensamento é mais rápido que o vento, e que as lâmpadas...
- Dá para a gente ir até a Lua? Queria escorregar nela e ver aonde caio.
- Pensa então...




- Xi, já tem gente conversando com ela!!
- Quem é?
- É uma menina de estrela.
- Pergunta se vai demorar com a Lua.
Eu subo mais um tico e vejo o sapatinho balançar da menina de estrela.
- Oi?
- Oi.
- Oi, você vai demorar aqui agora?
- Um pouco, é que a Lua me conta como faço para ter impulso e voltar pra casa...
- Você se perdeu?
- É, eu sai dos montes em um monte de bexigas e depois enrosquei nela e não sei voltar...
- Posso perguntar uma coisa Lua.
- Sim!
- Cadê São Jorge???
- Ah meu pequeno, ele agora está lá mais pro Alto ouvindo os pedidos...
- ahhhhhhhhh.., e o dragão?
- O dragão foi visitar a mãe dele...
- Ahhhhhhhhhhhhhhh - dissemos nós dois ao mesmo tempo.
- Pega no verde!!
- Aqui não tem verde, não vale enfiar o dedo no nariz pra tirar meleca!!!
A Lua riu!
- Ô Dona Lua, eu queria saber como fazer para ir lá na esquina, la na curva aonde o Sol vai embora descansar...
- No horizonte?
- Ééééééé!!!!!
- Sobe com teu amigo, que eu me viro e te jogo lá a menina de estrela se agarra e não vai agora.
- Tá bom! Sobe Murilooooooo!!!!!


- Aiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii a gente foi alto demaissssss... quero descer....
- Ai Meu Deusiznhooooooooooooooooo
- Vamos devagar nadando e parar naquela casa de menina estrela!
- Tá bom!!!
- Bate na janela que ela abre pra gente!
- Tá!!!


- Oi!
- Olá.
- Obrigado por deixar a gente entrar...nossa! A gente veio alto demais...
- Quem empurrou vocês para cá?
- A Lua deu um empurrão, mas acho que como sou miúdo demais , subi mais alto...
- Que bom! Como você se chama?
- Todos me chamam de Murilo e esse é o Carlito
- Eu sou Stella.
- Legal!
- A gente tá com sede.
- Pega essa água de orvalho, tá fresquinha e ainda não saíram para jogar na terra...
- Hummmmmmmm
- Essa tem de hortelã e aquela ali é de gelinho com maçã!
- Você só podem ficar quando a parte de vocês estiver de escuro e dormindo né?
- É senão a gente fica ruim pra descer e a mamãe fica preocupada e esquenta nosso bumbum.
- Stella, o que é essas luzes laáá´do alto?
- Ah, ali pra cima tá Deus né.. às vezes ele passa assim vummm, mas ele passa uma parte né, Deus é tudo né..
- Ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh - dizemos eu e Murilo
- E aquelas luzinhas que estão subindo e outras descendo?
- Ali, longe, são crianças que vão nascer. São esperança e fé , duas turmas super unidas , boas demais!!
- Sério?
- Sim, cada uma tem um bordado de amor, por que cada mamãe veio aqui pra cima e nos viu, e daí a gente fica tão mas tão feliz que espera a hora da gente descer de novo...
- A gente é de que turma?
- Vocês Murilo são da esperança e fé, Papai do Céu manda agora sempre crianças desta turminha. Precisa muito, olha lá, cada quanto vai para uma parte da Terra...


- UAUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUU!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
- Mas Deus vai ajudar?
-Que pergunta Murilo???!!!
- Sim ajuda sim, olha ele sempre desce para lá pra baixão, ele passa a terra, e desce desce e vai visitar tudo e todo mundo de bom e de ruim, ele vai um teco de pequeno mas sempre pede para o filhão dele descer.
- E por que ele faz isso Stela? Quem vai?
- Ué ! Ele é Jesus Carlito!!!
- Ah é, verdade!!!
- Eu queria levar uma coisa para minha amiga Silvininha , mas eu Chamo de Silvica, ou Silvia!!!
- O que você quer levar?
- Pede para na gota do orvalho um pouco de essência de paz e carinho???
- Mas isso você pode dar sempre Carlito.
- Huahauhauhau
- Não ri Murilo! - fiquei sem graça
- Ah , eu quero como surpresa, ela não pode vir...
- Espera que vou abrir a mão e esticar lá fora!
Esprememos as cabeças para ver pela janela...e lá de cima, bemm lá de cima veio uma estrela azul clara, de verde e de vermelho.
Veio descendo descendo e parou na mão da Stela que sorriu e disse Amém bem bonito!!!!
- Ó! Essa é pra ela.
- O que é?
- Não posso dizer e vocês não podem abrir..
- Ahhhhhhhhhhhhhhhhhhh
Peguei e tava morninha morninha, Murilo sacudiu e ela fez nheco tcheco nheco nheco!!!
- Uia, parece que viva...
- Não mexe com ela, ela fica triste, ela vai pra casa da sua amiguinha Silvica!!!
- Tá bom!
- Então Jesus desceu hoje? Pra terra?
- Faz um tempão, ele passa , dá um beijo na testa de tudo que é criança e vai lá pra baixo... Eu fico de feliz da conta quando ele me beija!!! E ele fala - Brilha meu amor! E eu brilho e brilho
- Carlito, temos que ir, vai clarear, aqui o tempo é mais vrummmmmmmmmm.
- Stela, um beijo e obrigado,viu!
- Você vai descer quando para brilhar na terra?
- Ah! Mamãe disse para que já já.
- Beijo Stela.
- Beijo Murilo!
- Como a gente acha a casa da Silvica daqui de cima???
- Pensa no cheiro gostoso que ela tem e fecha os olhos.....
- Tá bom, vamos Muriloooooooooooooooooooo

VRUMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMM
Descemos rápidãããããããããõoooooooooooooo.
-Deixa a luzinha passar pela janela, ela entra e fica na cama da Silvica..
- Xiii, ela tá dormindo.... ué, cadê a noite mais clara???
- Ah né...
- Murilo!! O que você fez????
- Ah, enganchou e trouxe para ela!!!!




- Ahhhhhhhhhh a gente tem que devolver!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

(CONTINUA )

quinta-feira, 2 de maio de 2013

DÁ ESSA MÃO LOGO

- Vai querer o quê desta vez?
- Deixa eu ver...
- Descafeinado, puro, maltês, irish cream, arábico..
- Péééraaa.
- Moça, espera que a noiva vai escolher, quando a senhora ficar pálida e perceber que o sangue está todo nas tuas pernas , se mexe para poder circular o sangue...
- Deixa de ser tonto, liga não moça, ele tem problema...
- Já paguei o meu, vou lá fora..
- Tá bom ,me espera para tomar junto senão o teu acaba antes e ainda você vem filar o meu.
- Aff, mão de vaca.
- A senhora deseja com açúcar mascavo e canela?
- Somente açúcar.
- Quer levar esses biscoitos para seu namorado?
- Deus me livre, aquela coisa lá , aquele inseto pernóico é meu amigo!!
- Desculpa, ...
- Nada não, não esquenta, mas eu amo ele assim mesmo. O que seria de mim sem ele? Olha só, parece que tem problema, fica colocando o canudo entre os dentes e depois acaba se machucando, parece criança...
...
- Fala cabrita, que pega agora...
...
- Que foi?
- Nada...
- Nada uma p###.
- Ele tem outra.
- Cacete Cláu....
- Segui ele até o Rio...
- Quê???
- Você me conhece...
- Não chora..
- Antes não tivesse falado, agora que choro mesmo...
Eu e minha boca grande...
O melhor que posso fazer é abraçar...
- Vamos embora daqui...
Encerramos o dia, olhando para o sol indo se pôr, na praia.
Minha camisa molhada, com gosto de tristeza e dor. E os olhos de Cláu , vermelhos...
Ainda bem que possuímos amigos e tempo.
Riem em nossas alegrias, e amparam-nos em nossas tragédias.
- Você promete não me deixar?
- Quer o nosso caixão beliche, ou king size????