quinta-feira, 4 de julho de 2013

KALENA KAI ....UM RECADO DE STEPHANIE



Palerma

cá estou a olhar pela janela e a dizer, puta merda de sol a escaldar lá fora, melhor apressar a pena e aproveitar.


Daí tu pensa, caceta, ela larga de falar comigo e vai em busca de aventura?


Sim, respondo eu, mas é claro, porque não haveria de ser?


Aproveito pois quero deixar a impressão desta luz maravilhosa não só em minha pele, se bem que, a pele merece um bronze a mais, mas quero este dourado a esquentar a minha face, frente aos dias escuros que poderão surgir.


E irão surgir, eu sei, o preparo vem à tempos.


E aqui , cada qual com seu perda não?


As mais pequenas e as mais volumosas são iguais, pois existe dor.


O pequeno corre, muito , demais pela casa, o que não é pouco, ele quer ganhar o mundo, quer pular a cerca , a arrastar o Labrador com ele, e dali, ganhar a rua, e subir a encosta.


Andrea é do vento, como eu também fui e sou, Andrea é da brisa do mar com gosto de sal e vento.


eu, sou gosto de mar, mas com toque de pimenta , pois cá meus lábios falam muito a ver com palavrões e xingamentos.


Pá, oras, sou confeccionade assim.


O Rizzo aperta a minha mão sempre, com carinho e proteção cadenciados.


Somente irá receber isso por depois de muito tempo. de lá eu já estarei a cuspir em tua cabeça nada reduzida...


Mas , vigia de longe os dois, pode ser? Combinado estamos?


Lego ainda comigo uma mágoa e algumas tristezas, pois uma pessoa faz-me falta, mas escolheu um outro lado de vida e costumes, então o amor que me resta, que não é pouco, mas exclusivo de alguns, guardado está, pois amigho, a vida repara, e corrige os erros que insistimos e ter, produzir e ferir,...


É , o homem bicho é ser doente, busca reparo em oficina , ou erva no meio das matas e campos, vai lá entender.


Olha, de longe, do teu país os dois a crescerem para nós sim, outro momento eu chego novamente para te puxar as rédeas, bater em tua bunda , daqui de cima, ou caso esteja, aqui embaixo, ergo o bambu e toco tua sola e outras coisas....


Beijo


Té!


( traduzido rapidamente do Francês )

2 comentários:

  1. Agora entendo porque o Andrea é como é. Stephanie não podia ficar aqui muito tempo, pois os anjos cumprem rápido sua missão. Não suportam ver a dor e entender a cabeça de nós, os humanos, imbecis. Fica tranquila menina, seu filho terá muitas mães, nenhuma como você, mas será muito amado e cuidado por onde passar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Incrível como Stephanie viu à frente de todos!Única como todos nós, e, sempre será presente.

      Excluir