quarta-feira, 19 de novembro de 2014

RETURN



Um caminho para casa nunca foi tão longo.
Não são os pés somente cansados.
São os olhos e a pele,
ouvidos e sorriso.

É o pedido negado.
A luz apagada.
O portão fechado.

O carro ficou sobre a calçada, cheio de lembranças e carregado ...
...de momentos que aconteceriam,
de perfumes e vontades,
ações e carinho.

Tolo engano em crer-se.
Ledo engano em satisfazer-se com medo doentio.

Mas,
desta volta ao lar, aonde deixo para trás muito de mim,
fica a certeza, de que o que está por cima do meu ombro esquerdo
difere completamente do que está por cima de meu ombro direito.

E, nesta distância, você se aniquilou.