domingo, 3 de maio de 2015

EARTH





" Mesmo que tudo passa, infelizmente deixo a vocês o recado que aviso, ou através dos ventos que correm por todo meu corpo, antes, durante e depois, ou através das tempestivas necessidades de energia sobre o solo que para mim sempre se consagrou na passagem do Mestre há tempos aqui...

Aviso sempre com carinho de mãe que ama, mas muitos de vocês não me ouvem mais, perderam a vontade de ouvir-me ou de ver-me.

Vão se embora um dia, os santos, os anjos , os orixás e fiquem vocês aqui, não por muito tempo.

Eu sobreviverei até o momento em que o Sol , um tanto fatigado, irá tornar-se outro, e daí retornarei ao seio do universo, sendo o pó que Deus me criaste.

Você, humanidade , irá muito antes. E eu, como mãe, observarei como o Pai que não castiga, mas corrige o filho insano."


Terra.