terça-feira, 31 de janeiro de 2017

SEM A MÚSICA, A VIDA SERIA UM ERRO - NIETZSCHE

 SEM MÚSICA, A VIDA SERIA UM ERRO - NIETZSCHE




Sempre olhei para o céu antes de por os pé para o mundo, e, sempre ao retornar para meu lar ( dentro de mim mesmo ) ou construído temporariamente com tijolos; olho para cima e busco a noite.

Mas essa cadência segue os meus pulsos desde que abro os olhos e mesmo que derramado na cama, meu corpo já pede melodia.

Sempre haverá melodia dentro e fora de mim, e de você também.

Fecha teus olhos e lembra da primeira paixão que você teve, e qual música embalou-a?

O primeiro beijo?

A primeira e real boa transa?

A viagem que fez de retorno para alguem?

Ou quando o avião decolou pela primeira vez?

Teu primeiro filho ou filha?

O primeiro peludo em sua casa?

A discussão que embalou a separação temporária?

A dor da perda do amor não correspondido?

A dor da perda do amor correspondido?

Aquela pessoa que partiu e não deu tempo de te abraçar?

A passagem de ano, a passagem de tua vida?

Então eleja músicas que sejam somente tuas, que não devam ser compartilhadas com mais ninguém.

Elas devem ser um santuário teu.

Você deve residir nelas por quase toda tua vida.

Tenha em sua essência que somos vibrações.

E sinceramente?

A vida seria uma grande merda sem melodia, sem você e sem suas notas favoritas.



segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

QUANDO VOCÊ NÃO É DE NINGUÉM




Paulo conseguiu guardar o porta retratos.

Mas sempre que adormecia , entrava dentro , após a moldura de madeira e olhava o mundo através do papel que se tornou.
E o papel filme em que marcou um momento de sua vida e de Carolina sentados à pedra vendo o sol nascer.

Paulo não conseguiu sair .
Ainda ao dormir deixava o coração guiar sua essência para longe de tudo mas muito perto de Carolina, que o trocou , não por 30 moedas...

Paulo!
Paulooo! 
Acorda amigo.
O copo com Black Label está entre os dedos, e o gelo informa que está pronto.

Busca no fundo do copo uma pedra, talvez alguma que faça a boca acordar para novos sabores.
Respira e diz finalmente.

- Acho que já chega não?
Aceno com a cabeça.
- Sabe quando realmente estamos bem?
Ele olha para sua mão ainda recentemente marcada pela aliança.
- Quando dizemos com coração " quero estar "... e não preciso dele, dela..

Paulo deu a última talagada no copo de whisky, deu um beijo em meu rosto e ganhou a rua.

Amigo tem que aguardar os amigos que saem por aí , para bem longe do próprio ninho que construíram; não porque sejamos pretensos pais, mas sim, porque estamos lá no outro galho pilhando para que voe também.

Paulo sumiu por mais de mês.

Não disse nada,mas a foto no "Insta" disse tudo.

Uma selfie com o mundo abaixo de si, um sorriso que  há tempos não existia em seus olhos.
Paulo e o mundo. Bem vindo meu amigo!